Sempre quando falamos em MOTIVAÇÃO, vem à cabeça a definição mais simples que resume tudo em um motivo que nos leva a realizar uma ação. Motivação vai muito além disso e olha que esse é um tema complicado quando falamos em treinamento, objetivos e tempo!

Acredito que esse tema é oportuno para essa época. Primeiro pensando na galera de IRONMAN. Os 2mil malucos que se inscreveram no dia 05 de junho em uma das inscrições mais concorridas do circuito Ironman, o Ironman de Florianópolis.  Desembolsar  US$750,00 para uma prova que irá acontecer 1 ano depois, não é para qualquer um.  E tirando o dinheiro de lado, que muitos falam que é caro, eu concordo mas assino embaixo e digo: VALE A PENA, como você pode se comprometer em fazer uma prova desta proporção um ano antes? Loucura!

Não faz provas de longas distâncias e nem esta inscrito para um Ironman, mas aposto que o inverno esta te incomodando e que a prova lá de dezembro já esta agendada! É disso que eu estou falando! Como manter-se motivado com tanta adversidade, contratempo, com tanto tempo entre um objetivo e outro?

Tentei pensar em algumas estratégias que podem talvez ajudar vocês:

  1. Estipule metas de curto prazo: eu acredito que essa é a grande sacada. Ficar muito tempo sem competir não é bom. Não há motivação que te ajude a seguir 100% no ânimo e pensando na prova principal. Mas a meta a curta prazo não precisa ser necessariamente uma prova. Crie metas no treino, na alimentação e na disciplina do dia-a-dia. Por exemplo, hoje você esta correndo 10km para 50 minutos. Coloque uma data e já marque outro treino de 10km para você tentar fazer em 48 minutos. Aplicativos não faltam hoje em dia que ajudam a estipular estas metas, você pode até se sentir meio nerds ou viciado criando metas nos aplicativos mas isso de fato ajuda! (Eu conheço o Garmin Connect e Strava)
  2. Parceria mais do que nunca: quem me conhece sabe como eu sou a favor do treino coletivo, da assessoria esportiva e da parceria em treinos. Isso foi o que salvou e não me deixou desanimar várias vezes. Principalmente agora no inverno conte com o seu amigo do treino. Afinal se você marcar de ir correr às 06h da manhã no parque sozinha e o dia amanhecer com neblina temperatura próximo de zero graus (isso só aqui em Curitiba né?) é fácil esse treino ser cancelado, agora se com você vai mais um ou dois, que estarão lá te esperando, é bem mais fácil! Divida as dificuldades, os treinos e as conquistas. O Triathlon é um esporte individual mas o espírito de equipe nos ronda. É ou não é?
  3. Seja flexível: tem gente que não consegue. Eu estou aprendendo. Não saiu o treino de manhã, choveu e foi cancelado. O dia não acabou, adapte-se. Opção indoor são super bem vindas! Há também quem é contra e que diz que não é a mesmas coisa, mas uma coisa é certa, é melhor que nada! Não tem academia? Eu sugiro e indico pagar esses 3 meses de inverno que ela irá te salvar em alguns dias! Ou tem algumas que tem opção de diária, você paga para usar o dia, boa né? Sem desculpas!

Todo mundo já sabia disso que eu falei, aposto! Mas no andar da carruagem somos atropelados pelas gordices, pela falta de tempo e quando vemos já estamos há duas semanas sem treinar. Então é sempre bom parar e colocar as ideias no lugar, as prioridades e o que realmente te importa e faz bem!

Bons treinos!

Luca Glaser

Lembrando que as opiniões acima são de única e exclusiva responsabilidade do colaborador, podendo não representar uma nota oficial do Vida de Triatleta. Para entrar em contato com o autor, use o link abaixo.