Hoje foi um dia de muito suor, de muita dor mas de uma conquista histórica para mim… Hoje foi o dia em que eu percorri 5km em menos de 20 minutos.

Em mais um daqueles massacrantes treinos intervalados, a correria começou por volta de 12:10h, eram 7 tiros de 1km a 4min/km e logo no começo eu sabia que aquele poderia ser um dia especial. Primeiro tiro e BOOM: 3:43min… Vi ali uma oportunidade de fazer esses segundos jogarem ao meu favor para conseguir alcançar essa meta que era tão importante para mim. Fui cuidando das parciais a cada 250m, fazendo uma previsão de 1′ (resumindo: montava um esquema na minha cabeça que eu precisaria correr 250m em 1’… Se tinha feito o primeiro km em 3:43, os próximos 250 teriam que ser aos 4:43, os próximos aos 5:43 e aí por diante).

No quarto tiro, deixei a peteca cair e as parciais que fechavam em :43 fecharam em :50, aí o medo começou a bater. Resolvi tentar mesmo assim, pois estava sentindo o cheiro desse “record” e não poderia deixar passar… Quando ultrapassei a marca dos 4500m a 00:17:40 vi que poderia forçar para conseguir e com a força no talo consegui chegar aos 5km fechando 00:19:40, desabando no gramado do Parque Barigui logo após a conquista. Após o folego voltar, a cara de sofrimento deu lugar a um riso solto e tranquilo afinal o meu papel estava cumprido. Após isso, os últimos 2 tiros foram só alegria e mesmo sofrendo não conseguia parar de rir.

Gráfico do meu record nos 5k! O Best Pace bateu 02:58min/km. Valeu a pena o sprint final.

Gráfico do meu record nos 5k! O Best Pace bateu 02:58min/km. Valeu a pena o sprint final.

Como comentei no primeiro post desse blog, essa era uma das minhas maiores metas no esporte, me sinto muito feliz por tê-la alcançado. Só tenho a agradecer ao meu treinador Rafael Scuissiatto pelas dicas e pela ajuda pois apesar de estarmos treinando a pouco tempo, é visível a melhora do meu condicionamento físico junto com a performance tanto na corrida quanto no ciclismo. Agradecer também a minha família e a minha namorada pela força e pelo apoio que sempre estão me dando, assim como aos amigos que não me abandonaram apesar desse meu sonho maluco de ser triatleta.

Hoje seria o dia em que eu estaria embarcando rumo a Argentina para participar da Patagônia Run 21k, um dia que tinha tudo para ser triste (visto que eu tive que cancelar a viagem e a minha participação na corrida) e acabou sendo um dos dias mais recompensadores de toda a minha história nas corridas. Sigo muito feliz. Obrigado a todos por compartilhar essa alegria comigo.

Quem quiser dar uma olhada no treino, é só CLICAR AQUI.

VidaDeTriatleta.com

Andre Raittz.

TARJA DE APOIO DIARIO NEW