Meus sentimentos por Boston.

 

O processo da morte é sempre muito difícil e doloroso. Não estamos preparados para lidar com a perda, para lidar com a desconstrução daquilo que cremos visto que nós atletas acreditamos, e muito, na vida. O que aconteceu hoje em Boston foi um ode ao terror, um ode a falta de respeito pela vida despejada justamente naqueles que, em um mundo tão corrido e capitalista, ainda presam por viver em grupo, ainda presam em se abraçar e lutar por um objetivo comum, ainda valorizam o romantismo de cruzar uma linha de chegada superando assim os seus próprios limites.

Vou ser breve no relato do episódio de hoje na Maratona de Boston, visto que esse post não tem de fato um cunho jornalístico mas sim humanista. Hoje durante a Maratona de Boston, uma das corridas mais importantes do mundo, duas explosões foram responsáveis por 2 mortos e 138 feridos (confirmados as 21:05h dessa segunda-feira 15/04). Um dia que estava programado para ser carregado de energias positivas, conquistas e superações acabou virando uma triste tragédia, orquestrada pelas mãos daqueles que não respeitam a vida, muito menos respeitam todo o sentimento que gira em torno do simples fato de existirmos e celebrarmos mais um dia correndo ou não, atrás de nossos ideais.

Eu sou um cara que acredita na vida. Dias como esse são de extrema dor e indignação porém somente com muito sentimento, união e amor conseguiremos arrancar das mãos dos maus o poder de diminuir a esperança dentro do coração de cada corredor, de cada expectador e de cada cidadão que ainda sente a força da explosão de Boston machucar o coração.

Fica aqui registrado os meus sentimentos as vítimas (mesmo que eu não as conheça, sejam corredores ou não), os meus melhores sentimentos diga-se de passagem, pois só com muito amor a dor da perda vira saudade.

Meus sentimentos por Boston.

Andre Raittz.

TARJA DE APOIO DIARIO NEW