O dia começou preguiçoso, o friozinho e a umidade tornavam a saída da cama uma missão bem complicada mas como o dia não dava brecha pra preguiça resolvi levantar 10 minutos mais cedo pra fazer um café da manhã reforçado e me mandar pra piscina. Chegando lá (atrasado, infelizmente) já cai na piscina para 600m de aquecimento, pensava que o treino ia ser mais light por causa da transição mas estava muito enganado pois trabalhamos apinéia, respiração, técnica e tiros de velocidade.

Hoje o Rafa não estava na borda me xaropando, tava na raia do lado fazendo o treino dele e foi super legal nadar do lado do treinador (até pq o bicho é um grande triatleta, sempre da um gás no treino da gente acompanhar o pessoal mais experiente). Quem estava cobrando muito na borda da Piscina era o Mateus, que não me deixava colocar o pé no chão na maioria das vezes e lançava os seus: PREPAAARA, FOOOOI, a cada vez que eu achava que ia ter um descanso. Gostei muito de ter feito os tiros (sempre curto os treinos que exercitam a velocidade) e fiz os primeiros 4 tiros de 25m nos tempos de 17/19/18/17 segundos, o coração parecia que ia sair pela boca mas as pernas e os braços estavam bem. A segunda série de tiros foi com o pé de pato mas aí o corpo cansado já deu sinais de cansaço e os tempos foram os seguintes: 15/16/16/17 segundos (nesse último tiro de 17 fiz uma corrida com o Rafa, quando cheguei olhei para o lado e não enxerguei o caboco, das duas uma: OU o bicho não aguentou a minha ultravelocidade e se afogou OU já tinha chegado, virado e já tava voltando tinha tempo. Como eu vi um post dele no Facebook depois do treino, acho que a segunda opção é a mais provável rsrsrs). Terminando com 100m de perna costas pra soltar e somando 1300m no total, sai correndo da piscina e fui pro vestiário me trocar.

Hoje foi quase assim, só que não.

Não tinha muita ideia de como ia ser a transição Piscina/Ciclismo, então deixei tudo mais ou menos alinhavado para sair da água e só me secar (sem tomar banho), trocar de roupa e já subir pro Spinning. Mandei pra dentro um gel de carboidrato, hidratei bem e subi na bike para um Crono de 20 minutos após um aquecimento de 3 tiros com o Fábio Dipp. Segurei 380 watts nos tiros de aquecimento e depois zerei os cronômetros para pedalar o contra-relógio que o professor havia passado, ajustei a cadência (girei entre 95 e 100 rpm), ajustei a carga, respirei fundo e parti para a missão de fazer entre 13 e 15km em 20 minutos.

Comecei sofrendo mas essa era a ideia, 20 minutos no 100% do esforço para medir como estavam as pernas. Consegui manter a carga do começo e quando mexia era só para aumentar, como não ia correr depois da bike resolvi aumentar a cadência pois me sinto mais a vontade pedalando em uma cadência alta para gerar velocidade do que como um powerhouse com as rotações girando em torno dos 70 rpm mas amassando os pedais. O esforço estava bem pesado e para dar uma relaxada nas pernas eu ia alternando a posição no selim, ora de pé ora sentado, para ativar grupos musculares diferentes, segui pedalando forte e no minuto 18 eu percebi que não iria conseguir alcançar os 15 km então resolvi sentar a púa para chegar nos 13. Faltando 30 segundos resolvi atochar a carga e fazer um sprint final para chegar lá e no virar dos 20 consegui a marca de 13 km rodados! Com uma média de 208 watts e 98 rpm consegui chegar no meu objetivo logo depois de nadar, foi sensacional.

Me senti muito bem nessa primeira transição Natação/Ciclismo, muito melhor do que na primeira transição Ciclismo/Corrida. Desci da bike cansado mas com total condições de correr, talvez porque os grupos musculares das duas atividades sejam bem diferentes, talvez pelo fato da água ser bem mais tranquila que o “asfalto”, não sei. Só sei que me senti muito bem. Depois de uma semana de treinos bem fortes, essa transição fechou a sexta com chave de ouro. Agora é descansar pq amanhã (sábado dia 25/05) tem 1h de tempo run, e acompanhar a Vivi Baggio lá no Barigui não vai ser nada fácil, a moça corre demais rapaz!!

PS* Queria usar o espaço para parabenizar o treino de hoje do meu amigo MP. Mas porque dar parabéns por um treino Andre? Porque o caboco fez nada mais nada menos que 42,2 km DE TREINO!!!! Uma maratona em plena sexta-feira em um tempo absurdo de 2:54:21!! Sou muito desse casal (o MP é casado com a Vivi que eu citei ali em cima) e vocês vão conhecer mais da história deles na sequência aqui no blog mesmo.

Andre Raittz

TARJA DE APOIO DIARIO NEW